comida conforto 4Durante toda esta semana falamos de comida conforto e até fizemos uma enquete no Instagram (@endocrinologiaemdia), e o vencedor foi o chocolate. E sabe qual a explicação? O chocolate é rico em triptofano, um elemento que vai entrar na formação da serotonina no nosso cérebro. A serotonina, é o hormônio do bem-estar. Explicado!

Mas, o problema do chocolate é que ele apesar de promover esta boa sensação de bem estar, é um alimento muito calórico. A estratégia, quando falamos de comida conforto é buscar alternativas para este mecanismo cerebral que já foi aprendido, com alimentos menos calóricos. Quer alguns exemplos?

Em vez de uma barra de chocolate troque por meia banana e um ou dois quadradinhos de chocolate meio amargo – pois ele contém mais triptofano.

A castanha de caju é fonte de triptofano e zinco, sendo que o zinco é responsável por ajudar o cérebro a modular o humor. Devem ser ingeridas em pequenas quantidades pois 1 colher de sopa terá 90 kcal.

Carnes são ricas em vitaminas do complexo B, e sabemos que o ácido fólico, ou vitamina B9, tem a função de ajudar o cérebro a produzir neurotransmissores importantes na regulação cerebral. Ovos, frango, laranjas e arroz também são fonte de ácido fólico. Deve ser por isso que a canja de galinha faz aquele confortinho!

Conseguiu? Conta aqui pra gente!
#EndocrinologiaEmDia #Saúde #Alimentação#ComidaConforto

Leave a Reply

WhatsApp