indice glicemicoO índice glicêmico é um número que indica a entrada de glicose na corrente sanguínea – a carga de glicose. Ele varia de alimento para alimento, a depender da quantidade e do tipo de carboidratos neles contido. 

Atualmente é muito importante falar de índice glicêmico pois sabemos que alimentos com maior carga de glicose, levam o nosso pâncreas a secretar mais insulina, o que a longo prazo, pode aumentar os riscos de diabetes e obesidade.

No geral, quanto maior a quantidade de carboidratos simples de um alimento: açúcar, mel, geléia, frutas sem casca, refrigerantes por exemplo, mais rápido eles fornecerão açúcar para a nossa corrente sanguínea e maior será o índice glicêmico.

Já alimentos com carboidratos complexos, ricos em fibras – que são carboidratos complexos que não são digeridos pelo nosso organismo, como como cereais integrais, lentilhas, grão de bico, cenoura, terão índice glicêmico menor.

A exceção ao raciocínio do carboidrato simples = alto índice glicêmico, carboidrato complexo = baixo índice glicêmico é o amido. 

O amido é um polissacarídeo, presente principalmente na farinha de trigo, e é formado de várias unidades de glicose unidades entre si. Podemos encontrar ele nas batatas e no arroz também o que o torna um dos principais fornecedores de energia para a nossa dieta. Como o nosso organismo está preparado para digerir muito rapidamente o amido, por ser uma fonte de energia muito boa, apesar de ser um carboidrato complexo, alimentos que contem amido tem alto índice glicêmico.
#EndocrinologiaEmDia #VocêEmDia #SaúdeEmDia#Saúde #Alimentação

Leave a Reply

× WhatsApp