familiasEste é o estudo da Dra. Jerica M. Berge da Universidade de Minnesota em Minneapolis, nos Eua. Cento e vinte crianças de 6 a 12 anos foram acompanhadas por 8 dias e tiveram seus jantares gravados. As crianças mais magras eram aquelas que jantavam mais tempo (16 minutos) e com seus familiares. Já as que jantavam por menos tempo (13 minutos e meio) e com menos supervisão familiar eram as mais obesas. Além disso, as crianças com menor peso jantavam na sala de jantar ou em mesas na cozinha, já as mais obesas, nos quartos ou nos sofás. O mais interessante é que o resultado desta pesquisa somente comprova o que nós já sabíamos: cuidado da família é essencial para combatermos a Obesidade infantil! Vamos vencer!

Leave a Reply

× WhatsApp