obesidade infantilO terceiro motivo para ter esperança em 2015 é que podemos traçar estratégias e vencer a obesidade infantil.

A obesidade infantil tem alcançado níveis alarmantes no mundo todo. No Brasil, a estimativa é que cerca de 32% das crianças estejam com sobrepeso ou obesidade, ou seja, de cada 10 crianças, cerca de 3 estão acima do peso. Uma das estratégias que tem mostrado grande efeito no controle é a que mostra um estudo norte-americano de dezembro de 2014. Nele, uma pequena mudança fez sim uma enorme diferença: nas escolas onde os pais participaram ativamente da Educação Alimentar dos filhos – agindo em casa também, houve uma redução nos níveis de obesidade pois se criou um ambiente que propiciava escolhas alimentares melhores. Em resumo, quando a criança estava em locais em que seus pais e professores as incentivavam a se alimentar naturalmente melhor, seu peso reduzia.

Será que não é possível trazer este ambiente mais saudável para dentro e fora de casa, no trabalho, na escola, e assim melhorar nossas escolhas? Vale pensar nisso em 2015!

Fonte: Tufts University. “Parents’ BMI decreases with child involved in school-based, community obesity intervention.” ScienceDaily. ScienceDaily, 19 December 2014. <www.sciencedaily.com/releases/2014/12/141219103946.htm>.

Leave a Reply

WhatsApp