envelhecimento precoce

Esta é a primeira semana do ano e nós do Endocrinologia em Dia queremos te dar 5 motivos para você ser feliz em 2015… um motivo por dia. Que tal começar com alimentos que ajudam a combater o envelhecimento precoce?

Envelhecer bem e com saúde, este certamente é o desejo de muitos de nós. Para dar uma força ao nosso corpo, separamos alguns alimentos que ao fazerem parte da sua dieta, vão dar uma marcha ré na máquina do tempo no seu organismo…

O azeite de oliva é fonte de gordura monoinsaturada, e traz inúmeros benefícios à saúde. É capaz de reduzir em 30% o risco de doenças cardiovasculares, pois diminui o mau colesterol – LDL – e aumenta o bom colesterol – HDL. Também é rico em vitamina E, que é oxidante, e vitamina K, vitamina que ajuda o nosso corpo a produzir os fatores de coagulação.

As amêndoas, apesar de serem calóricas, são fonte de vitamina E e ácido fólico. A vitamina E é um poderoso antioxidante, que torna mais lento o envelhecimento precoce nas células. A romã, fruta muito consumida agora no final do ano, é fonte de uma substância chamada de flavonóide, com ação antiinflamatória e também antioxidante.

Cada vez mais o salmão tem sido usado na nossa alimentação devido aos seus benefícios em reduzir o colesterol ruim e o nível de triglicérides, pois é um peixe rico em ácidos graxos poliinsaturados, principalmente o Ômega 3. O salmão é, na verdade, um peixe branco, mas que ao se alimentar no seu hábitat com algas de cor avermelhada, o pigmento dessas algas acaba se depositando nos músculos ou na casca.

O salmão contém proteínas de alto valor biológico e vitaminas A, D, E e K, B6 e B12. Uma outra vantagem do salmão consiste nos seus benefícios em reduzir os níveis de homocisteína no sangue. A homocisteína é uma molécula que, ao estar elevada no nosso organismo, aumenta os riscos de doenças do coração. Os níveis de selênio e iodo que o salmão fornece também são importantes para o funcionamento correto da glândula tireoide.

Leave a Reply

× WhatsApp