vesicula e obesidadeVocê sabia que problemas na vesícula podem estar relacionados com obesidade?

A vesícula biliar é um órgão que fica localizado abaixo do fígado, do lado direito do abdome, logo abaixo das costelas. Ela tem o formato de uma pequena bolsa alongada, e tem a função de armazenar a bile – que é produzida pelo fígado – e vai ser utilizada pelo nosso intestino quando precisamos digerir alimentos gordurosos.

Os cálculos biliares, ou como são popularmente conhecidos, as pedras na vesícula, acontecem na maior parte das vezes, quando a bile que está armazenada na vesícula apresenta um teor maior de colesterol, o que a torna mais densa. Dessa forma, mais densa e consequentemente mais espessa, acabam-se formando cálculos de colesterol, o tipo mais comum de “pedra” encontrado na vesícula.

E o que obesidade ou ganho de peso tem a ver com as pedras na vesícula? Sabemos que existem algumas condições em que as pessoas tem mais risco de desenvolver os cálculos. As mulheres em torno dos 40 anos, que estão acima do peso, são a faixa etária mais afetada. E justamente o excesso de peso é um fator muito importante, porque a bile fica com excesso de colesterol naquelas pessoas que estão com alguns quilos a mais. 

Além disso, naquelas pessoas que estão acima do peso e perdem peso muito rapidamente, é sabido que há maior risco de desenvolvimento de cálculos na vesícula. As pessoas que estão em dietas muito radicais para perda de peso podem ter um maior risco de desenvolver as pedras e ter complicações da doença, como dor na região da vesícula até casos mais graves de pancreatite aguda. 

Um dos principais cuidados para quem tem cálculo na vesícula ou tem história familiar de cálculos é o foco na dieta saudável com baixo nível de gorduras saturadas, manter um peso saudável e em caso de dieta para perda de peso, que esta perda seja lenta e gradual e não uma perda radical em um curto espaço de tempo.

E que tal começar a cuidar melhor da sua saúde?

Leave a Reply

WhatsApp