15/04/2014

Saber como está o nível de açúcar no sangue é chave para bom controle

Os monitores de glicemia são pequenos aparelhos que foram desenvolvidos para que as pessoas pudessem testar seus níveis de açúcar no sangue de forma rápida e precisa, sem precisar depender dos exames de sangue coletados em laboratório. Eles funcionam por meio do mesmo princípio básico: fazem a leitura da glicose no sangue, sendo para isso necessário que a pessoa fure o dedo da mão com uma lanceta, que nada mais é do que uma pequena agulha, e então insira uma pequena gota de sangue na fita de leitura da glicose, que será inserida no monitor. A partir daí o aparelho realiza a leitura e o resultado aparece na tela.

 Os monitores podem armazenar vários dias e horários diferentes de resultados. Alguns mais modernos podem ser conectados ao computador via cabo USB ou wireless e fornecem um gráfico das medidas da glicose ao longo do dia para o paciente e para o médico.

 Quando falamos em diabetes, é muito importante entender que os níveis de açúcar no sangue deverão estar controlados, para que a pessoa não sofra as complicações da doença, como problemas na retina e nos pés, infartos, derrames ou problemas renais. Ao realizar as medições de forma frequente, o que chamamos de automonitoramento glicêmico, o paciente diabético se torna mais consciente dos seus níveis de açúcar no sangue e também fornece ao médico dados mais precisos dos horários em que os níveis estão mais altos ou baixos.

 Além disso, é sabido que os pacientes que medem regularmente sua glicemia aderem mais ao tratamento: aplicam insulina e tomam os medicamentos em horários mais regulares, além de apresentarem menos complicações da doença em longo prazo, porque estão mais informados sobre quais alimentos elevam mais seus índices de açúcar no sangue, por exemplo.

Infelizmente, medir glicemia é ainda um procedimento um pouco doloroso e desconfortável, ainda mais nas pontas dos dedos. Para minimizar este desconforto, alguns monitores permitem que o sangue seja coletado em outro local, como braços e antebraços, palmas das mãos e coxas. Para saber se isto é possível, basta consultar o manual que acompanha o seu monitor e verificar se existe esta possibilidade, chamada de ?locais alternativos para testes?.

Em resumo, o que desejamos para o diabetes é o controle da glicemia. Saber como está o nível de açúcar no sangue é o primeiro passo para controlar a doença!

Leave a Reply

WhatsApp